Melhores preços e qualidade em mudas florestais

Entrega rápida e pagamento seguro

Muda Mogno Africano - K. senegalensis - DAC 4-5mm - 120ml

Seja o primeiro a avaliar este produto

R$5,00

Sem estoque

  • Compre 1000 por R$4,00 cada e economize 20%
Opções Adicionais

Descrição Rápida

Contém 1 muda de Mogno Africano - Khaya senegalensis de 15 a 25 centímetros no tubete 120 cm3 - ENTREGA DAS MUDAS A PARTIR DE JANEIRO. Mudas com excelente qualidade e prontas para o plantio! É uma espécie nobre com altíssimo valor agregado.


A boa taxa de crescimento, sob condições adequadas, faz com que o estabelecimento de plantios extensos seja uma opção. Sua casca é altamente valorizada na medicina tradicional, demonstrando funções farmacológicas interessantes, como efeitos antimaláricos, anti-inflamatórios e anticancerígenos. A super exploração do mogno Senegalês para fins madereiros e medicinais é uma seria ameaça para muitas das populações. Portanto,  métodos sustentáveis de colheita deveriam ser estabelecidos e implementados, o mais rapidamente possível. Entretando, ainda são necessárias muitas pesquisas para cumprir-se essa meta.


Na 1ª compra de mudas mogno africano (pedido mínimo de 50 unidades) você ganha o livro "Mogno Africano: Produção de Madeira Nobre no Brasil".

Nome Popular:  Mogno africano.

Tempo de Viveiro: De 6 a 8 meses.

Tamanho da Muda: De 15 a 25 cm.

Volume do Tubete: 100 cm³.

Peso da Muda: 150 gramas.

Nome Científico: Khaya senegalensis.

Família: Meliaceae.

Síndrome de Dispersão: Anemocórica.

Sinomínia Botânica: Khaya spp.

Grupo Ecológico: Exótica.

Classificação Sucessional: N/A.

Ameaça de Extinção: Em Perigo.

Origem: Exótica.

Locais de Ocorrência: Sudeste, Sul.

Onde Plantar: Plantações em áreas de florestas de alto valor agregado, para produção de madeira nobre.

Luminosidade: Sombra.

Solo de Plantio: Áreas Secas, Litoral.

Porte da Árvore: De 30 a 35 metros.

Utilidades: Caixotaria, Construção Civil, Lenha, Marcenaria, Melíferas, Para Calçada, Uso Ornamental.

Madeira: Não.

Tronco: Frequentemente bem mais curto e torto, com sapopemas curtas ou ausentes. O fuste tem entre 10 a 16 metros, livre de galhos.

Folha: Dispostas espiraladamente com tendencia a se agrupar nas extremidades dos ramos, compostas, paripenada com 2 até 6 pares de folíolos, sendo mais comum a incidencia de 3 a 5 pares, estípulas ausentes.

Flor: Dispostas em inflorescencias axilares ou aparentemente terminais, com panículas de até 20 cm de comprimento.

Fruto: Ereto, sob forma de cápsula lenhosa quase globosa de 4 a 6 cm de diâmetro, o qual possui colocração entre cinza-pálido a marrom-acinzentado, possuindo grande número de sementes.

Fruto Comestível: Não.

Potencial Paisagístico: Não.

Fenologia: Floresce de Novembro - Janeiro.

Propriedades Medicinais: Sua casca amarga é altamente valorizada na medicina tracional, pois seu cozimento ou sua maceração é muito eficaz contra a febre causada pela malária, além de ser útil contra problemas de estômago, diarreia, disenteria e anemia, e como analgésico, em casos de reumatismo e dores de cabeça. Também é utilizada como tônico e anti-helmíntico, além de purgante, antídoto e abortivo. É eficiente, também, no controle de doenças como sífilis, lepra catarata e angina. Pode ser aplicada externamente como desinfetante em casos de inflações, e doenças de pele como erupções, sarnas, ferimentos, úlceras, bolhas hemorroidas e hemorroidas. É comumente utilizada na medicina veterinária como tônico e anti-helmíntico, e para tratar tripanossomíases, vermes de fígado, diarreias e úlceras.

Use espaços para separar as tags. E aspas simples (') para frases.

Apenas usuários registrados podem comentar. Por favor, identifique-se ou cadastre-se