Melhores preços e qualidade em mudas florestais

Entrega rápida e pagamento seguro

Muda Branquilho - S. brasiliensis - 20/30CM - 290ML

Seja o primeiro a avaliar este produto

R$7,90

Sem estoque

  • Compre 26 por R$4,90 cada e economize 38%
  • Compre 251 por R$3,90 cada e economize 51%
  • Compre 1000 por R$3,00 cada e economize 63%
  • Compre 5000 por R$2,50 cada e economize 69%
  • Compre 10000 por R$2,00 cada e economize 75%
Opções Adicionais

Descrição Rápida

Contém 1 muda de Branquilho - Sebastiania brasiliensis com tamanho entre 20 a 30 centímetros de altura, no tubete de 290 cm³, com folhas bem nutridas e rustificadas, caule lenhoso com 5 mm, raízes bem agregadas ao substrato e acompanhada de manual de plantio.

O Branquilho - Sebastiana brasiliensis é uma espécie presente principalmente nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, dentro de capões ou sub-bosques. Além de produzir madeira que pode ser utilizada para lenha e carvão, possui grande potencial ornamental, podendo ser amplamente utilizada em espaços abertos. Suas espigas de pequenas flores amarelas normalmente estão mais aparentes durante o mês de Novembro.


INFORMAÇÕES ADICIONAIS:

 

Nome Popular Branquilho, leiteiro-da-folha-fina, leiteiro, leiteiro-branco, tajuvinha, branquinho, leiteirinho, pau-leiteiro, capixava, ibirá-cambi, leiteira
Tempo de Viveiro De 6 a 8 meses
Tamanho da Muda De 20 a 30 cm
Volume do Tubete 290 cm³
Peso da Muda 300 gramas
Nome Científico

Sebastiania brasiliensis

Família Euphorbiaceae
Síndrome de Dispersão Autocórica
Sinomínia Botânica

Microstachys ramosissima St. Hil., Stillingia brasiliensis Baill., S. ramosissima Baill., Gymnanthes brasiliensis Müll. Arg., G. brasiliensis Müll. Arg. var genuina Müll. Arg., Sebastinania brasiliensis Spreng. var. genuina Müll. Arg., S. brasiliensis Spreng. var. ramosissima (ST. Hil.) Müll. Arg., S. brasiliensis Spreng. var. polymorpha Müll. Arg.

Grupo Ecológico Pioneira
Classificação Sucessional Pioneira
Ameaça de Extinção Não Ameaçada
Origem Distrito Federal, Espirito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo
Locais de Ocorrência Centro-Oeste, Sudeste, Sul
Onde Plantar Desenvolve-se preferencialmente no interior de capões e dos sub-bosques dos pinhais situados em solos úmidos, como beira de rios e córregos.
Luminosidade Sol Pleno
Solo de Plantio Áreas Alagadas, Áreas Úmidas
Porte da Árvore De 10 a 15 metros
Utilidades Caixotaria, Carvão, Lenha, Melíferas, Uso Ornamental
Madeira Moderadamente pesada (densidade 0,72 g/cm³), de baixa resistência e muito suscetível ao apodrecimento e ataque de cupins.
Tronco Tronco curto e cilíndrico, de 10-20 cm de diâmetro. Estípulas miúdas e palmatipartidas que caem muito cedo.
Folha Folhas muito variáveis em forma e tamanho, coriáceas ou raras vezes membranáceas, sem glândulas, com bordos seriilhados ou subinteiros, sobre pecíolo delgado de 2-8 mm de comprimento.
Flor Inflorescências em espigas terminais rígidas de 3-7 cm de comprimento.
Fruto Fruto cápsula globosa deiscente, com 3-4 sementes
Fruta Comestível Não
Potencial Paisagístico Árvore de pequeno porte e de copa muito ornamental, pode ser aproveitada com sucesso para o paisagismo, principalmente para a arborização de ruas estreitas e sob redes elétricas.
Fenologia A floração ocorre de setembro a novembro e a frutificação de dezembro a julho.
Possui Propriedades Medicinais? Não
Propriedades Medicinais Não


Use espaços para separar as tags. E aspas simples (') para frases.

Apenas usuários registrados podem comentar. Por favor, identifique-se ou cadastre-se