Melhores preços e qualidade em mudas florestais

Entrega rápida e pagamento seguro

Muda Dedaleiro - L. pacari - 40/60CM - 290ML

Seja o primeiro a avaliar este produto

R$7,90

Em estoque

  • Compre 26 por R$4,90 cada e economize 38%
  • Compre 251 por R$3,90 cada e economize 51%
  • Compre 1000 por R$3,00 cada e economize 63%
  • Compre 5000 por R$2,50 cada e economize 69%
Opções Adicionais

Descrição Rápida

Contém 1 muda de Dedaleiro - Lafoensia pacari, com tamanho entre 40 a 60 centímetros, no tubete de 290 cm³, com folhas bem nutridas e rustificadas, caule lenhoso com 5 mm, raízes bem agregadas ao substrato e acompanhada de manual de plantio.

O Dedaleiro - Lafoensia pacari, é uma árvore brasileira da família Lythraceae. Árvore de baixo a médio porte, tem floração e frutos muito vistosos. O fruto se assemelha a um dedal, daí o nome. Ocorre no cerrado, nos estados da Bahia, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rondônia, São Paulo e Tocantins. Encontrada também no Paraguai. A ameaça à sua preservação vem da substituição da vegetação do cerrado por produção agrícola. Esta espécie, pode-se dizer, é meio rara e dispersa na natureza. Os indivíduos geralmente ficam distantes uns dos outros. Tradicionalmente a dedaleira tem sua madeira usada pelos índios guaranis para uma função muito importante para a sobrevivência deles: a confecção das flechas.

 

 

Nome Popular Dedaleiro, pacari, pacari do mato, pacuri, louro da serra, dedaleira amarela, mangaba brava, candeia de caju, copinho, dedal, mangabeira brava, pau de bicho.
Tempo de Viveiro De 6 a 8 meses
Tamanho da Muda De 40 a 60 cm
Volume do Tubete 290 cm³
Peso da Muda 300 gramas
Nome Científico

Lafoensia pacari

Família Lythraceae
Síndrome de Dispersão Anemocórica
Sinomínia Botânica Não
Grupo Ecológico Não Pioneira
Classificação Sucessional Secundária Tardia
Ameaça de Extinção Não Ameaçada
Origem Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina, São Paulo
Locais de Ocorrência Centro-Oeste, Sudeste, Sul
Onde Plantar Praças, parques, jardins e calçadas que não contenham fios da rede elétrica.
Luminosidade Sol Pleno
Solo de Plantio Áreas Secas, Áreas Úmidas
Porte da Árvore De 5 a 10 metros, De 10 a 15 metros, De 15 a 20 metros
Utilidades Construção Civil, Marcenaria, Uso Ornamental
Madeira Moderadamente pesada (densidade 0,80 g/cm³), dura, textura fina, grã direita ou irregular, superfície lisa ao tato e brilho pouco acentuado, de grande durabilidade quando em contato com o solo.
Tronco Tronco de 30-60 cm de diâmetro, revestido por casca acinzentada com ritidoma subescamoso.
Folha Folhas opostas, curto-pecioladas ou sésseis, simples, elípticas a oblongo elípticas, de margens onduladas, coriáceas, glabras em ambas as faces, de 8-15 cm de comprimento por 3-4 cm de largura.
Flor Flores dispostas em racemos apicais, vistosas, bissexuadas, actinomorfas, dialipétalas, caducas e franjadas; pétalas esbranquiçadas.
Fruto Fruto cápsula deiscente, lenhosa, contendo sementes aladas.
Fruta Comestível Não
Potencial Paisagístico A árvore apresenta boas características ornamentais e pode ser utilizada no paisagismo, principalmente na arborização urbana.
Fenologia Florece durante os meses de outubro-dezembro. A maturação dos frutos ocorre durante o período de abril-junho
Possui Propriedades Medicinais? Não
Propriedades Medicinais Não

 

Use espaços para separar as tags. E aspas simples (') para frases.

Apenas usuários registrados podem comentar. Por favor, identifique-se ou cadastre-se