Melhores preços e qualidade em mudas florestais

Entrega rápida e pagamento seguro

Muda Araçá Amarelo - P. cattleyanum - 40/60CM - 290ML

Seja o primeiro a avaliar este produto

R$7,90

Em estoque

  • Compre 26 por R$4,90 cada e economize 38%
  • Compre 251 por R$3,90 cada e economize 51%
  • Compre 1000 por R$3,00 cada e economize 63%
  • Compre 5000 por R$2,50 cada e economize 69%
  • Compre 10000 por R$2,00 cada e economize 75%
Opções Adicionais

Descrição Rápida

Contém 1 muda de Araçá-Amarelo - Psidium cattleyanum, tamanho entre 40 a 60 centímetros, no tubete de 290 cm³, com folhas bem nutridas e rustificadas, caule lenhoso com 5 mm, raízes bem agregadas ao substrato e acompanhada de manual de plantio.

Araçá-rosa, araçá-amarelo, araçá-vermelho, araçá-de-comer, araçá-comum, araçá-de-coroa, araçá-da-praia, araçá-do-campo, ou simplesmente Araçá, é uma árvore de espécie pioneira, da família Myrtaceae. Está na lista de espécies ameaçadas do estado de São Paulo. Pequena árvore, com altura máxima de 9 metros. Os frutos são bagas arredondadas amarelados, de polpa suculenta esbranquiçada, semelhante a uma goiaba pequena e de sabor mais azedo. É encontrada na Mata Atlântica, em especial na floresta ombrófila densa e de restinga (como por exemplo no município de Ilha Comprida no litoral de São Paulo), e no Planalto Meridional. Ocorre desde a Bahia até o Rio Grande do Sul. É bastante cultivada em pomares domésticos, principalmente na região sul.

 

INFORMAÇÕES ADICIONAIS:

 

Nome Popular Araçá, china-guava, araçá-amarelo, araçazeiro, araçá-do-campo, araçá-vermelho, araçá-doce, araçá-manteiga, araçazeiro, araçá-da-praia, araçá-pera, araçá-de-coroa, araça-rosa, araçá-rosa, araçá-de-comer
Tempo de Viveiro De 6 a 8 meses
Tamanho da Muda De 40 a 60 cm
Volume do Tubete 290 cm³
Peso da Muda 300 gramas
Nome Científico

Psidium cattleyanum

Família Myrtaceae
Síndrome de Dispersão Zoocórica
Sinomínia Botânica

Psidium littorale Raddi, Psidium variabile O. Berg

Grupo Ecológico Não Pioneira
Classificação Sucessional Secundária Tardia
Ameaça de Extinção Não Ameaçada
Origem Bahia, Espirito Santo, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo
Locais de Ocorrência Nordeste, Sudeste, Sul
Onde Plantar Em pomares domésticos e em terrenos úmidos.
Luminosidade Meia Sombra
Solo de Plantio Áreas Alagadas
Porte da Árvore De 0 a 5 metros
Utilidades Caixotaria, Carvão, Frutíferas Comestiveis, Frutíferas para Passáros , Lenha
Madeira Muito pesada (densidade de 1,12 g/cm³), compacta, elástica, resistente e de longa durabilidade quando em lugares secos.
Tronco Tronco tortuoso de 15-25 cm de diâmetro, revestido por casca pardo-amaronzada, descamante em placas finas e irregulares.
Folha Folhas simples. obovadas, coriáceas, glabras, de 5-10 cm de comprimento por 3-6 cm de largura, com pecíolo de 0,4-1,0 de comprimento.
Flor Flores axilares, sobre pedúnculos unifloros de 5-10 mm.
Fruto Fruto baga globosa, glabra, coroada pelo cálice persistente, apresentando polpa suculenta e adocicada, com sementes ósseas. Existem variedades com frutos amarelos e vermelhos.
Fruta Comestível Sim
Potencial Paisagístico Baixo, mais usada em pomares domésticos.
Fenologia Floresce durante um longo período do ano, de junho a dezembro. Os frutos amadurecem de setembro a março
Possui Propriedades Medicinais? Não
Propriedades Medicinais Não

 

Use espaços para separar as tags. E aspas simples (') para frases.

Apenas usuários registrados podem comentar. Por favor, identifique-se ou cadastre-se